quarta-feira, 4 de novembro de 2009

No batente

Andei meio sumida mas tenho um bom motivo, voltei a trabalhar.
Curti muito meus anos sabáticos mas já estava na hora de voltar. Foi uma decisão difícil, porém, bem pensada. E o melhor foi que consegui o emprego ideal. Fico de manhã com as crianças, deixo a Lele na escola e vou a pé para o batente. Quando volto, ainda consigo colocá-los para dormir. O lado ruim é que trabalho sábado sim, sábado não. E neste primeiro fim de semana tenho que confessar que sai de casa chorando. Mas passa, sei que passa. E a Valentina está toda orgulhosa e adora falar que a mãe está trabalhando. E eu tô torcendo para estar em casa quando o Antonio resolver andar de verdade. (Não quero perder nada muito importante, tá, filhotes? Segurem as novidades para quando mamãe estiver em casa.)

7 comentários:

  1. boa sorte nessa nova etapa!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Trabalhar é dose, mas esse meio período é um sonho! Pense também que quando eles forem adolescentes, vão te querer bem longe de casa! hehe

    ResponderExcluir
  3. Boa sorte no retorno, Isa! Eles se orgulham mesmo das nossas atividades, essa é uma ótima recompensa. A Ciça adora falar do meu trabalho, ainda que ela não imagine direito o que seja. Ela super respeita isso, eu acho lindo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Vc vai acostumar, sei q eh otimo ficar com eles mas a gente se sente meio ilhada, ne? Eu to so esperando a Hannah ficar um tiquinho maior pra me aventurar tbm. Mas tbm quero algo q me deixe ficar com elas. Complicado, aqui nao sei se conseguirei.
    Vou desejar muita força ai, vai dar tudo certo!

    beijocas

    ResponderExcluir
  5. ah, é duro, né?
    eu tive que voltar muito cedo e sei como é esse coração apertado. Mas como a Paloma mencionou, o orgulho que eles ficam de nós é a melhor recompensa. boa sorte na nova fase.

    abs

    leticia

    ResponderExcluir
  6. Boa Sorte ! E uma decisao complicada, mas um dia eles irao crescer, e sair de casa e dai que o fazemos???? Bj

    ResponderExcluir